Um Povo Empobrecido e na Miséria no Portugal Pós-Troika

Quando Passos Coelho terminar o seu trabalhinho muito além da Troika, o que será Portugal?

“Pós-Troika”, essa expressão tão enganadora… Um país povoado de reformados e pensionistas indigentes, espoliados do retorno legítimo dos descontos de décadas.

Um país de funcionários públicos empobrecidos e achincalhados, autênticos bombos de festa da crise, tratados como se fossem sanguessugas e parasitas a viver à custa do Estado.

Um país com menos jovens e menos gente qualificada, expulsa por governantes que não os merecem.

Um país com um mar de desempregados, muitos deles sem remissão.

Um país com menos qualidade na educação e na saúde, logo um país com menos futuro.

Enfim, um país com menos futuro e com um futuro pior, coutada de alguns e purgatório da maioria. O Portugal muito além da Troika de Passos Coelho, será uma reminiscência do tempo da Revolução Industrial: capitalismo sem freio, alimentado por uma mão-de-obra barata, explorada, sacrificada e pobre.

Lentamente, a expressão “pós-troika” vai-se infiltrando no politiquês nacional. O termo propaga-se e será, uma daquelas modas repetidas nos media até à exaustão.

Anuncios
Esta entrada fue publicada en Uncategorized. Guarda el enlace permanente.

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s